quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Será utopia querer um país verdejante, em vez deste que se está a tornar a preto e branco?!


Numa altura em que o nosso país passa pelo inferno dos incêndios, dizimando cada vez mais a, já, tão parca floresta que temos e para não falar da quantidade de desalojados que viram as suas casas a serem lambidas pelas chamas, tanto no Continente como na Madeira, está na altura de olharmos para o que provoca tudo isto e reflectir bem!

A prevenção passa, acima de tudo, por uma mudança da mentalidade que se apoderou de todos nós!

Todos sabemos, ou deveríamos saber, que o eucalipto não é uma árvore de origem portuguesa, mas sim originária da Austrália trazida para Portugal com fins comerciais. Todos sabemos, ou deveríamos saber, que esta árvore de crescimento rápido, empobrece os solos favorecendo a sua desertificação e consequentemente alterações no clima! 
Sugiro uma petição, referendo ou o que quer que seja, a exigir junto dos governantes, legislação, que proíba  as plantações desta árvore substituindo-as por carvalhos, pinheiros e outras espécies que ajudem os solos a fertilizarem-se e a criar humidade no ar!

Em nome não sei bem de quê, nas últimas décadas financiou-se a não produção agrícola de subsistência, em detrimento do consumo de tudo o que é importado, fazendo com que solos outrora cultiváveis estejam hoje ao abandono, e se tornam autênticos barris de pólvora durante o verão! 
A solução passa por um "boicote" aos produtos importados de tudo o que possa ser cultivado em Portugal (eu já faço isso há muito tempo, sempre que vou às compras tenho sempre o cuidado de verificar se é produção nacional)!

Incentivam-se cada vez mais, as novas gerações a irem para as universidades tirarem cursos de profissões sem saída..., porque trabalhar no campo é para os pais e avós! Estamos a criar uma sociedade de doutores que só sabem que os alimentos que consomem vêm do supermercado e estão-se nas tintas em saber como lá foram parar! 
Aqui, temos mesmo, de mudar a forma como estamos a incentivar a educação/formação das novas gerações!

Pagamos com os nossos impostos, férias a custo zero, para os milhares de criminosos que ocupam os “hotéis presidiários” deste país! Pagamos, Rendimentos Sociais de Inserção a famílias inteiras para não fazerem a ponta d’um corno! 
Então, já que pagamos, porque não utilizar toda esta mão-de-obra na limpeza e plantio de florestas entre outras funções no interesse do bem comum? 

Mas há outras soluções que poderiam  ser tomadas já e que diminuíram drasticamente o número de incêndios e suas consequências: 

- Obrigar as autarquias a fiscalizarem e manterem terrenos próximos de habitações limpos; 

- Proibir, de uma vez por todas, a utilização de herbicidas porque é mais um a contribuir para a o empobrecimento e secagem dos solos;

- Por o exército e a força área a patrulhar as florestas e serem estes os detentores dos meios aéreos de combate a incêndios! 

Uma  ínfima, quantidade de  incêndios que surgem todos os anos  são de causas naturais e/ou acidentes, mas 99,9% são de origem criminosa e não acredito que de um momento para outro surja tanta gente a sofrer de piromania! 

A verdade é apenas esta: se eu tenho uma empresa em que o meu negócio são alugueres de meios aéreos de combate a incêndios, para que o meu negocio não vá à falência necessito de…

…disso mesmo que estão a pensar!

E hoje em dia tudo se faz em nome do lucro...

... e foi em nome  do lucro que se compraram  submarinos para apagar os incêndios provocados pelos peixes em vez de meios aéreos para apagar os fogos provocados pelo homem!


Por ultimo, deixo aqui a minha maior  GRATIDÃO a todos os Homens e Mulheres, que mesmo no limite das suas forças, arriscam a vida no combate ao flagelo que são os incêndios! 
  
Foto do Gerês retirada da We



4 comentários:

  1. Respostas
    1. Aqui
      http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT82538

      :)

      Eliminar
  2. Assino por baixo. É urgente tomar medidas. Não podemos continuar neste caminho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carpe Diem,
      então assina esta petição e divulga :)
      http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT82538

      ...e obrigada pela visita :)

      Eliminar