segunda-feira, 11 de junho de 2018

Namastê

As Quatro Leis da Espiritualidade na Índia, ensinam:

1. A pessoa que chega é a pessoa certa.

Significa que nada ocorre em nossas vidas por casualidade. Todas as pessoas que nos rodeiam, que interagem connosco, estão ali por uma razão, para que possamos  aprender e evoluir em cada situação.

2. O que aconteceu é a única coisa que poderia ter acontecido.

Nada, absolutamente nada que ocorre em nossas vidas poderia ter sido de outra maneira. Nem mesmo o detalhe mais insignificante! Não existe: se acontecesse tal coisa, talvez pudesse ter sido diferente… Não! O que ocorreu foi a única coisa que poderia ter ocorrido e teve que ser assim para que pudéssemos aprender essa lição e então seguir adiante. Todas e cada uma das situações que ocorrem em nossas vidas são perfeitas, mesmo que nossa mente e nosso ego resistam em aceitá-las.

3. Qualquer momento em que algo se inicia, é o momento certo.

Tudo começa num momento determinado. Nem antes, nem depois. Quando estamos preparados para que algo novo aconteça em nossas vidas, então será aí que terá início.

4. Quando algo termina, termina!
Simplesmente assim. Se algo terminou em nossas vidas, é para nossa evolução. Portanto, é melhor desapegar, erguer a cabeça e seguir adiante, enriquecidos com mais essa experiência!.

(retirado da net)

2 comentários:

  1. Determinismo em estado puro!

    Por muito certo que isto pareça (e estou convencido que, até um determinado ponto, pelo menos, estará) a verdade é que isto derrota por completo qualquer religião baseada no livre-arbítrio. Assim como elimina qualquer responsabilidade individual! O Hitler mandou mandar milhões de Judeos? Pois, já era suposto ele fazê-lo, ele não teve culpa...

    Bj Grande :)

    ResponderEliminar
  2. Sabes, às vezes questiono se realmente existe o tal do livre-arbítrio, porque parece, mesmo, que tudo já está pré-determinado!

    Bjs e Bom fim de semana :)

    ResponderEliminar